Home » Gráfica » Saiba o que é Policromia

Publicidade

Se você não é do ramo gráfico, mas já precisou produzir algum material gráfico, já deve ter escutado a pergunta: seu trabalho vai ser impresso em uma cor policromia?

Normalmente quando o cliente de qualquer gráfica recebe esta pergunta a primeira reação é responder o questionamento com outra pergunta, mas o que é policromia?

A resposta para esta pergunta deve estar na pontada língua de qualquer profissional do ramo gráfico e é simples.

Em uma gráfica as impressões são feitas basicamente de duas maneiras, a primeira é a impressão em uma cor, (utilizada em panfletos de propaganda comuns e com grandes tiragens, por exemplo) que pode ser em preto ou qualquer outra cor.

Em uma impressão monocromática a imagem impressa é composta por várias tonalidades de uma mesma cor, o que pode ser conseguido com a utilização de retículas, afim de simular áreas mais claras ou escuras da imagem. Este tipo de impressão normalmente tem um custo mais baixo, pois não existe a necessidade de gravação de várias chapas de impressão e a mídia a ser impressa passa apenas uma vez pelo equipamento de impressão.

A segunda maneira é a produção de impressos utilizando várias cores, o que chamamos de policromia. Desta forma conseguimos imprimir imagens coloridas, fotografias e praticamente uma infinidade de tons e misturas de cores.

Policromia, que vem do grego, significa várias cores e é amplamente utilizada nas artes em geral, assim como nas artes gráficas.

Como é possível reproduzir tantas cores?

Você já deve ter notado que sua  impressora doméstica a jato tinta trabalha normalmente com dois cartuchos, um colorido que utiliza as cores azul claro (ciano) rosa escuro (magenta) e o amarelo que misturados formam uma infinidade de outras cores. Mas apesar de que através destas três cores conseguimos criar uma grande quantidade de tonalidades diferentes, não conseguimos obter a cor preta com perfeição, por isso adicionamos mais um cartucho a nossa impressora, que é o que contém a tinta preta. Assim temos o padrão CMYK (ciano, magenta, amarelo e preto) que também é utilizado pelas gráficas internacionalmente.

Portanto quando você for perguntado se sua impressão será em uma cor ou em policromia, você ainda poderá responder com outra pergunta:  A impressão em policromia é a mesma coisa que CMYK?

Sim, trabalhos em policromia utilizam o padrão CMYK para gerar outras cores e fazer a impressão de cartões de visita, folders, panfletos e muito mais.

Agora  você já sabe que quando perguntarem se o impresso será produzido em policromia, significa que ele será basicamente colorido, mas também existem outros termos técnicos que também são utilizados no ramo gráfico para esta mesma questão, ou seja, ao invés de falarmos policromia, podemos apenas utilizar a sigla CMYK ou ainda utilizar o termo 4 cores que fazem referencia as cores CMYK utilizadas para gerar as demais cores no processo gráfico.

Então quando ouvir os termos policromia, CMYK ou quatro cores no meio gráfico, significa que seu material gráfico será impresso colorido.

Mas se o material que você pretende imprimir tiver informação colorida na frente e utilizar apenas uma cor no verso, como fica a representação disso? Bem, sabemos que podemos representar um impresso em policromia ou colorido como o número 4 e se o verso de nosso impresso utiliza apenas uma cor podemos representar esta informação apenas  utilizando o termos 4X1, ou seja colorido frente e verso em uma cor.

Digamos que você precise imprimir um panfleto e que este panfleto terá somente um lado impresso, então seu panfleto será representado desta forma: panfleto tamanho 10x15cm (por exemplo), cores 4X0,  se o impresso for colorido frente e verso a representação será 4X4 cores.

Veja abaixo um pequeno guia que resume a policromia para seu melhor entendimento:

 

Mas como funciona o processo de impressão utilizando as cores CMYK

Composição CMYK para Policromia

Como falamos anteriormente na impressão em uma cor, o papel ou mídia a ser impressa passa apenas uma vez pela impressora, já na impressão em policromia é necessário que a mídia passe quatro vezes pela máquina.

Quando temos uma imagem colorida a ser impressa em policromia é necessário que a gráfica faça a separação de cores, ou seja, a imagem é preparada em um programa de edição gráfica para gerar quatro imagens diferentes, que serão gravadas em chapas ou fotolitos. Cada uma destas chapas representará uma cor do padrão CMYK, assim teremos uma chapa ou fotolito para a cor ciano, uma para a cor magenta, uma para o amarelo e outra para o preto.

Portanto para cada cor teremos uma impressão, fazendo com que o papel tenha que passar quatro vezes pelo equipamento de impressão.

Após a impressão ser finalizada teremos a imagem composta com a mistura destas quatro cores formando os tons e cores apresentados na imagem original.

Fotolito e chapa de impressão offset

Desta forma utilizando a policromia podemos reproduzir uma infinidade de cores e tons, mas como processo, a impressão em policromia tem suas limitações e é necessário estar atento a eles. Um exemplo prático é de quando a arte final é elaborada utilizando o padrão de cores RGB, utilizado pelos computadores para gerar as cores que vemos no monitor. Na tela as imagens podem aparecer muito brilhantes e com cores vibrantes, mas quando impressas estas imagens perdem este brilho ficando opacas e até desbotadas. Isto acontece pois o padrão CMKY é composto por pigmentos naturais que formam as cores fazendo com que o espectros destas cores seja bem menor do que as cores geradas pelo sistema RGB.

Portanto quando vamos criar uma arte para ser impressa, devemos configurar o nosso software de editoração para aplicar as cores já convertidas para o sistema CMYK.

Share

2 Comentários para “Saiba o que é Policromia”